Subscribe Twitter Twitter

23 de setembro de 2010

A Reforma Começa em Casa

Maridos, vós, igualmente, vivei a vida comum do lar, com discernimento; e, tendo consideração para com a vossa mulher como parte mais frágil, tratai-a com dignidade, porque sois, juntamente, herdeiros da mesma graça de vida, para que não se interrompam as vossas orações.” (I Pe. 3:7)


A necessidade de Reforma na Igreja é absoluta. Há desmandos, desvios, devaneios e engano por toda parte assolando a Noiva de Cristo.

Ao ser perguntado onde reside o problema, o crente é rapidamente (e corretamente) levado a apontar o dedo para Adão e Eva. Mas eu creio que Adão, primordialmente, foi responsabilizado em Gn. 3:17, de onde deriva um ensinamento que nós, homens (sexo masculino e não a humanidade), precisamos assimilar.

Quero advogar que qualquer Reforma que precisarmos estabelecer na Igreja só poderá ser completa se começar em casa. A família precisa ser conduzida pela Palavra de Deus e cada membro da casa deve entender o papel que Deus estabeleceu na Bíblia.

Mas esse breve artigo, como já indicado, tem endereço certo: o homem! Não apenas Adão recebe a responsabilidade pela queda, - mesmo Eva tendo sido aquela que foi enganada (I Tm. 2:14) - mas nesse texto (I Pe. 3:7), o Apóstolo trata da responsabilidade do homem na casa. Dele, vejamos alguns princípios:

Viver a vida comum do lar

Há a idéia errada de que o casamento correto é de um senhor e uma escrava, onde a mulher serve apenas para satisfazer os desejos do seu homem; mas Pedro, sem negar que a responsabilidade da casa seja tarefa feminina, não o faz sem declarar que o homem deve, sim, participar com alegria e disposição da vida comum do lar.

Viver a vida comum do lar com discernimento

Esse talvez seja o ponto mais difícil, pois o discernimento requer compreensão; e todos sabemos que compreender as criaturas femininas é tarefa para gênios. :) Brincadeiras à parte, é dever do homem buscar entender a sua esposa, o que o leva ao próximo ponto:

Ter consideração pela mulher, como parte mais frágil

Há uma imprecisão no significado de ser a parte mais frágil, contudo, quando os homens assumirem realmente o seu papel, as mulheres compreenderão que é grande privilégio para elas serem assim, frágeis; pois o homem precisa tratá-la com dignidade, cuidando, protegendo, provendo, assumindo sempre toda responsabilidade, assim como Cristo assumiu toda responsabilidade (e até mesmo) a culpa por todos os erros de sua noiva: a Igreja.

• Porque sois juntamente herdeiros da mesma graça

Longe de Pedro entender que as mulheres são inferiores, ao contrário, elas devem ser consideradas Rainhas da casa e bem cuidadas pelo marido, uma vez que são herdeiros da mesma graça de vida. Há aqui uma interdependência, como Paulo ensina em I Cor. 11:11 que nem a mulher é independente do homem e nem o homem é independente da mulher.

Para que não se interrompam as vossas orações

E aqui termina esse versículo, trazendo a maior responsabilidade do homem: Cuidar para que a vida espiritual e piedosa da família seja levada de forma perfeita no lar. Ele é responsável por preservá-la de forma linda e sem ruga (Ef. 5) espiritualmente para Deus.

Como vimos aqui, de forma breve, ser homem segundo a Bíblia não é fácil, pois nossa sociedade tem dado à mulher papéis masculinos exatamente para que os homens transfiram a sua responsabilidade para ela; como já o nosso cabeça federal nos ensinou em Gn. 3:12: foi a mulher que tu me deste por esposa.

Graças a Deus pelo Segundo Adão, que assumindo a culpa da amada, nos adverte, pelo seu Apóstolo, apontando seu exemplo, dizendo em Ef. 5:25: Amai vossas esposas, assim como Cristo amou a Igreja, e a si mesmo entregou por ela.

Que os maridos assumam o seu papel, pois A Reforma Começa em Casa, e isso, nas mãos daquele que é o responável; sejamos homens verdadeiros e comecemos a reformar a nossa casa.


                            Pr. Samuel Vitalino


45 comentários:

Anônimo disse...

Samuel,
gostei muito do seu texto, ele é simples, didático e bastante moderno, não deixando de ser cristão. Numa sociedade de relações frágeis, violência doméstica e materialismo, sua mensagem nos remete a um comportamento imaculado, de respeito dentro de casa e, abençoado por Deus. Com certeza, em meu eventual matrimônio vou me recordar das suas recomendações.
Grande Abraço, primo!
PS: HAHA FUI O PRIMEIRO! XD

Alfredo de Souza disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alfredo de Souza disse...

Geléia.

Muito boa a sua postagem. Bíblica, coerente e relevante.

Parabéns!

Anônimo disse...

Samuel, muito bom, acredito que Deus o inspirou, é isto mesmo, o homem precisa assumir o seu papel, e qualquer reforma por mais simpista que seja passa pela casa em primeira isntancia.
abraço
Ivan Wilson de Araujo Rodrigues

Anônimo disse...

Oi Samuel,

Tenho acompanhado o seu trabalho atraves do Blog.
Gostei muito do seu artigo para homens.

Um beijo,
Debbie

Samuel disse...

Primo,
Obrigado pelas palavras e por ter sido o primeiro (hehehe), mas como você não se identificou, creio que trata-se do carioca cafezinho :)
Abraço,

Samuel disse...

Obrigado Ogro. Estamos esperando sua próxima pérola. Seria outra poesia>>>

Samuel disse...

Presbítero Ivan, grande advogado maranhense; muito obrigado pelas palavras.

Debbie, obrigado por acompanhar.
Beijo em Nehemias e nos meninos.

Anônimo disse...

Mukaaaaaaaa,

Saudade grande demais.

Espero que a Patrícia esteja sendo essa Rainha cuidada e adornado por você.

Parabéns pelo belo post.

Renata Klaus

FláviaBGS disse...

Embora o texto tenha sido dirigido aos homens... fui profundamente edificada! O texto todo é muito pertinente e abençoador, mas não posso deixar de destacar o paralelo que você faz entre o primeiro e o segundo Adão!!!

Que profundidade! De forma muito simples você expôs a realidade que mudou nossas vidas eternamente: Enquanto o primeiro Adão disse "foi a mulher que tu me deste por esposa." pondo a culpa da sua incompetência em liderar a sua esposa em Eva, o segundo Adão, o nosso Salvador tomou para si a culpa que era de sua Noiva, que era nossa! Que verdade Gloriosa!!!

FláviaBGS disse...

Para as mulheres não ficarem tristes por não terem um artigo dirigido apenas para nós, indico o artigo: Mulher Virtuosa, de David Murray (na página 24 da revista Os Puritanos cuja versão digitalizada - fornecida pelo próprio projeto - segue):

http://www.readoz.com/publication/read?i=1014031

Tb espetacular, desafiador e encorajador!

Naziaseno disse...

Samuel,

Voce aborda uma questão, pouco cohecida, é bem verdade, mas absolutamente essencial para a construção de um lar saudável: O homem como sacerdote do seu lar. O princípio mina em Gêneis e é respaldado no Antigo Testamento com aplicações no Novo. Estou preparando um material sobre isso e depois postarei no meu blog (www.vozesdareforma.blogspot.com). É isso aí.

Samuel disse...

Renata,

Quanto tempo!!!

O grande desafio de escrever nesse tema é saber que não adianta esccrever apenas e não aplicar na nossa própria vida.

Tiça me ensina a cada dia que vale a pena morrer por ela, pois não poderia haver auxiliadora mais idônea. Sobre ela, veja isso aqui: http://pregaapalavra.blogspot.com/2009/01/carta-de-amor.html

Abraço,

Samuel disse...

Flávia,

Mais que isso: Adão, ao colocar a culpa na mulher, termina por culpar o próprio Deus e a sua providência: "A mulher que TU me deste".

É isso que fazemos quando deixamos de assumir a nossa responsabilidade de liderar: colocamos a culpa no próprio Deus.

Samuel disse...

Naziazeno,

Não deixe de nos avisar quando o artigo ficar pronto. Abraço,

Anônimo disse...

Sr. Samuel,

Seria mesmo possível alguém ser feliz desse jeito?

O que o Sr. escreve mostra que a mulher não pode fazer nada e que o homem é quem faz tudo sozinho.

Utopia.

Samuel disse...

Anônimo,

obrigado por sua participação, mas creio que você entendeu alguma coisa errada. Pode ter sido por culpa minha, então me deixe explicar:

A mulher não fazer nada não poderia corresponder a nada mais longe da verdade. Se você olhar Provérbios 31 - o texto da mulher virtuosa - você verá como uma mulher considerada na Bíblia como virtuosa trabalha (e MUITO).
Até por isso mesmo é importante que o homem, mesmo sendo ele o provedor, ajude sua esposa, pois o trabalho dela é normalmente muito mais chato e massante.

Faça uma experiência (você é homem ou mulher? -- a experiência é se for homem): Eu um dia de folga disse a Patrícia que faria tudo que ela fazia na casa e com os meninos... não preciso dizer que antes do fim do dia precisei pedir clemência.

Desse dia em diante passei a admirá-la ainda mais. Ajudando ela e ela e vice versa, não poderíamos ser mais felizes.

Espero ter ajudado de alguma forma.

Abraço,

Alan Kleber Rocha disse...

Samuel,

O padrão bíblico para o marido é elevadíssimo! Devemos amar nossas esposas como Cristo amou a Igreja, a ponto de morrer por ela. Que grande desafio para o homem cristão!

Deus te abençõe meu amigo!

yone dantas disse...

Gostei muito do post, e concordo plenamente que para as igrejas serem reformadas precisa começar de casa! É muito triste vermos homens nascidos na igreja e que ainda não tenham aprendido esse princípio, que para mim torna-se básico à medida que o homem toma para si uma esposa.
Faço parte da igreja pastoreada pelo Pr. Alan, e aqui formamos um grupo de esposas onde buscamos na palavra do Senhor sermos “Esposas excelentes”. Não é fácil para nós, mulheres, assumirmos o papel da mulher que a palavra ordena, ser uma mulher virtuosa exige de nós uma constante avaliação e mudança quase que diária, pois a cada dia percebemos ( agora falo por mim) como é importante começar a “incucar” na cabeça e no coração de nossos filhos a palavra do Senhor. Como devemos aplicar diariamente, a cada minuto do nosso dia os frutos do espírito, com cada membro de nossa família e com a comunidade. A tarefa é árdua, mas sabemos que agindo assim teremos em breve homens e mulheres segundo o coração de Deus.

Anônimo disse...

Olá, Rev. Samuel!

Muito bom o texto. Obrigado pelo envio.

Abraços,

Pedro Barros

Samuel disse...

Yone,

O livro de Martha Peace com esse título: Esposa Excelente é muito proveitoso. Precioso mesmo. É da Editora FIEL.

Pedro Barro,

Obrigado pelo comentário.

Camom T. Tomé disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Se eu fosse feminista, te processaria. Muito doido o cara com o dedo no nariz

FVM

Camom T. Tomé disse...

Olá Pr. Samuel,

Excelente texto!

Certamente cada um prestará contas de si mesmo a Deus, mas os homens em especial (assim como Adão) da sua função como representantes do pacto! A quem muito é dado, muito será cobrado! Uma nobre função foi dada aos homens, e a negligência dela é a maior evidência da decadência espiritual da nação! O Sr. foi feliz em advogar que a verdadeira reforma começará em casa, pois começa no coração dos homens e se evidencia em primeira instância na vida comum do lar!

Deus nos conceda sermos homens fiéis!

Abraço!

Camom T. Tomé disse...

Olá Pr. Samuel,

Excelente texto!

Ainda que todos prestarão contas de si mesmo a Deus, os homens especialmente prestarão contas de sua função como representantes pactuais! Quanto mais é dado, mais será cobrado! De fato, foi dada uma nobre função aos homems, e a negligência dela por toda parte é sinal da decadência espiritual da nação! O Sr. foi feliz em advogar que a verdadeira reforma começa em casa, pois um homem é o que ele é em sua vida privada! Que Deus possa mudar a nação a partir do coração dos homens!

Soli Deo Glória!

Camom T. Tomé disse...

Olá Pr. Samuel,

Excelente texto!

Ainda que todos prestarão contas de si mesmo a Deus, os homens especialmente prestarão contas de sua função como representantes pactuais! Quanto mais é dado, mais será cobrado! De fato, foi dada uma nobre função aos homens, e a negligência dela por toda parte é sinal da decadência espiritual da nação! O Sr. foi feliz em advogar que a verdadeira reforma começa em casa, pois um homem é o que ele é em sua vida privada! Que Deus possa mudar a nação a partir do coração dos homens!

Soli Deo Glória!

Samuel disse...

Bem Lembrado, Camom...

FVM, quem deveria me processar eram os machistas. hehehehe

e o dedo no nariz foi no post do Alan... nojento hehe

Camom T. Tomé disse...

Olá Pr. Samuel,

Excelente texto!

Ainda que todos prestarão contas de si mesmo a Deus, os homens especialmente prestarão contas de sua função como representantes pactuais! Quanto mais é dado, mais será cobrado! De fato, foi dada uma nobre função aos homens, e a negligência dela por toda parte é sinal da decadência espiritual da nação! O Sr. foi feliz em advogar que a verdadeira reforma começa em casa, pois um homem é o que ele é em sua vida privada! Que Deus possa mudar a nação a partir do coração dos homens!

Soli Deo Glória!

Ligian disse...

Se todos entendessem a importância de se obedecer a esses princípios para a igreja, certamente elas seriam feitas de homens fortes, de famílias muito bem estruturadas e, mais do que isso, mais felizes porque a vontade de Deus é perfeita! Tenho observado com tristeza a "luta" por dar "voz" às mulheres (como se elas fossem mudas ou proibidas de falar) e, no meio do rolo todo, o que observo de mais grave é a omissão dos homens em seus lares, quando terceirizam suas responsabilidades para suas mulheres, e nas igrejas, quando se omitem no trabalho. Mas, como você disse de maneira simples e verdadeira aqui: tudo começa em casa.
Deus te abençoe, querido!
Ah, Patrícia deve ser muito feliz! Louça eu sei que você lava bem!! rsrs

Anônimo disse...

Prezado santidade. Excelente artigo. já imprimi e pretendo usá-lo já. E modéstia as favas, tenho sido muito bom , quase sempre com minha esposa e família . Um abraço. Até São Paulo. Outra coisa, esta semana uma membro da minha igreja visitou uma igreja aí e o pastor também vai embora? Minha opinião. Reúna os pastores e deixe projetos bem definidos para a região para não ocorrer o `caos` da mudança, muito comum quando há muitas mudanças. Só sugestão.Reverendo Jonas.

Samuel disse...

Camom se empolgou :) hehe

Ligian,

Você e o Charles são nota 10. Os pratos só ficaram bem limpinhos por causa da ajuda do Eder e do Shampu ... ooops, Charles.

Jonas... santidade??? hehe tudo porque eu não gosto de er chamado de reverendo :)


Mas obrigado pelas palavras. Sim, o Pr. Izaias está saindo do Jóquei também, mas pela graça de Deus aqui na Igreja está ficando o Rodrigo Brotto que já trabalha comigo e dará continuidade ao trabalho e no Jóquei vai o Léo que já está aqui na região.

Creio que será uma bênção para as duas Igrejas.

Nos veremos em São Paulo, abraço,

Anônimo disse...

Irmao

Isso e o que nos americanos chamamos de COOL....... Muito bom esse sermao.... Se e que posso chamar de sermao..... Como voce presenciou aqui em Anderson, uma familia e guiada pelos principios biblicos do homem,,,,, bem mais do que o da mulher...... Sou fiel aos meus principios cristaos e por isso tenho sido agraciado com uma familia abencoada....

Obrigado.

Wilder

Samuel disse...

Wilder...

Saudade de vocês e daí de Anderson, meu velho. Sinto mesmo saudade se sua linda família.

adriana disse...

Muka...
Acho que isso é o que as famílias estão precisando hoje, saber o papel de cada um e não tentar assumir o papel do outro...
ass. drika da mangueira

Anônimo disse...

quando você pregou esse texto no casamento do Pedro e Natasha contou a piada do gênio.

Como você mesmo diz - extraordinário kkkkkkkkk

Anônimo disse...

Por falar em ser MACHO, acabo de assistir. TREMENDO!!!

http:www.iphr.org.br/2008/11/marido-sujeitai-vos-a-vossas-esposas/

Pr. Gilmar Araújo

FB

Samuel disse...

Drika da Mangueira...

Agora você e o Coisa Pequena são gente grande.

Saudade e que Deus abençoe vocês aí no Paraná!

Anônimo,

eu na verdade fiz o texto pensando no casamento deles... que casamento lindo!

Samuel disse...

Gilmar,

Josafá é sempre uma bênção.

Charles Melo disse...

Samuel,

Me edificou muito seu texto. Somos tão propensos aos desvios que precisamos conferir as coisas todos os dias com a Palavra de Deus mesmo!
Gostaria de saber sua opinião sobre o "Silêncio de Adão" em Gn 3 (partícula hebraica "'imo") e sobre a tese de que Adão, ao dizer, "foi a mulher que me deste por esposa", estava confessando seu fracasso como marido que escolhera o pecado.

Abraço!

Samuel disse...

Charles,

eu creio que Adão estava ao lado de Eva e ouviu toda a conversa da serpente. Quando deveria ter tomado a dianteira, ouviu tudo permitindo que Eva ficasse na liderança.

sei que há colegas sérios que pensam diferente disso, mas eu creio que o V. 6 de Gn. 2 sugere bem essa hipótese.

Sobre a tese da confissão do fracasso... eu confesso :) que nunca tinha escutado (ou lido).

Obrigado pelas palavras, meu caro Shampu hehe

Salma kellya disse...

Olá Pastor Samuel...belíssimo artigo.
Sabe Pastor é complicado quando um lar não possui um chefe Cristão, pois as suas decisões não buscam agradar a Deus...a familia toda sofre...
Abraços!!!saudades

JORGE disse...

Parabéns Pr. Samuel excelente Post, precisamos urgentemente que essa verdade seja colocada em pratica em nossos lares se verdadeiramente almejamos por uma reforma em nossas igrejas

Que Deus continue lhe abençoando

Anônimo disse...

Ei...esse é o NOSSO texto!Como o senhor posta aqui antes de falar no nosso casamento?!:)
Tudo bem..só está perdoado porque assim mais pessoas podem aprender estes ensinamentos maravilhosos!
Obrigada, pr. Samuel, Deus nos abençoou ricamente através da sua palavra!
Abraços,
Natasha Leite:)

Anônimo disse...

De fato a reforma começa em casa, começando pela vida do líder da casa em dar um bom testemunho vivendo o verdadeiro cristianismo de modo que este não venha se envergonhar por falta de assumir um estilo de vida pautada no evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo. Pelo contrário, o líder é aquele que não impõe, mas adquire respeito por sua conduta ser irrepreensível dentro e fora do lar. O líder é aquele que conduz sua família com amor, transmitindo graça e segurança no aprendizado das escrituras.
Infelizmente o que está acontecendo hoje, é a falta de compromisso, de obediência do líder da casa para com Deus, com as coisas concernentes a Deus. O secularismo, o hedonismo a negligência invadiu os lares de modo que estes lares deixaram de resplandecer a Glória de Cristo, e passaram a definhar, a apatizar em sua espiritualidade.
Oxalá essa Reforma começasse agora dentro de casa, para que dentro da igreja percebesse o exalar do bom perfume de Cristo, e não a morbidez que tem assolado o seio da igreja.
Que Deus segundo a riqueza de sua infinita misericórdia abençoe sua igreja, de modo que essa possa fazer a diferença no meio dessa sociedade perversa.
Abraço Rev. Samuel
Em Cristo,
Ainadabe.

george disse...

Meu caro Samuel,
Seu artigo é completo. Nele ressalto a ideia clara de que a mulher não é um ser inferior, mas alguém com a mesma dignidade do homem, ainda que seja a parte mais frágil e, por isso mesmo, merecedora de muito zelo, o que só enaltece a figura feminina na vida comum do lar.
George